Se alimentar de forma sustentável e saudável no inverno

O frio chegou! Nessa época, com as temperaturas mais baixas, alguns alimentos são mais fáceis de encontrar na feira, ajudando a manter uma rotina saudável. Basta ir na feira – ou pedir no delivery – e observar que aumentaram as ofertas de algumas frutas e tubérculos.

Quais são os alimentos típicos de outono e inverno?

Entre as frutas, os legumes e as verduras dos meses frios, temos:

  • abacate, caqui, jaca, kiwi, pêra, tangerina, ameixa, banana, morango e uva;
  • alho-poró, almeirão, erva-doce e nabo;
  • abóbora, batata-doce, berinjela, beterraba, cará, cenoura, chuchu, mandioca, jerimum, inhame, couve, nabo e rabanete.

São produtos ricos em nutrientes para todas as idades. Segundo a nutricionista Sizele Rodrigues, da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, com a nova estação chega também uma vontade maior de consumir pratos mais encorpados e calóricos, que trazem maior saciedade e aumentam a sensação de calor.
“Sentir mais fome durante o inverno se deve a uma resposta fisiológica do organismo, que tem um gasto maior de energia para manter a temperatura corpórea. Então, para suprir essa demanda, temos como consequência um aumento do apetite”, diz a especialista. Esta época, as frutas, verduras e os legumes às vezes acabam sendo deixados de lado, mas segundo a nutricionista Beatriz Cantusio Pazinato, diretora da Divisão de Extensão Rural, da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS), da Secretaria, eles não podem faltar. “Esses alimentos contribuem de maneira expressiva para complementar as necessidades de vitaminas, minerais, fibras alimentares, além de oferecerem uma ampla variedade de compostos bioativos, ou seja, pigmentos com propriedades funcionais, como os carotenoides, flavonoides e as antocianinas, que desempenham ação antioxidante, protetora da nossa saúde, sendo importantes e necessários para o equilíbrio do corpo humano”, orienta.

Algumas dicas de cardápio

– Chocolate quente com leite desnatado, cacau em pó ou chocolate 70% cacau, que além de saboroso é rico em flavonoides, antioxidante natural que auxilia na prevenção de câncer e doenças cardíacas;

– para espantar a vontade de comer doces, prepare frutas quentes como: banana assada com canela ou pera cozida com gengibre, cravo e canela;

– não deixe de consumir vegetais. Abuse de verduras e legumes, refogados, grelhados ou no vapor;

– na hora dos lanches, da tarde ou da noite, nos dias frios, os mingaus são convidativos, podendo ser preparados com leite e engrossados com amido de milho, fubá ou aveia;

– atenção com a hidratação! Não esqueça de ingerir água, mesmo se não sentir sede.

E uma receitinha é claro!

Caldo Verde da Roça

O caldo verde é uma sopa bem típica de inverno. Sendo a couve um alimento sazonal, muitas vezes não sabemos como introduzir na alimentação diária. As sopas são sempre uma boa opção.

Há várias versões de Caldo verde, as mais conhecidas utilizam algum tipo de carne ou embutidos, como chouriço, bacon, linguiças.

Esta versão é uma bem sustentável, muito saborosa e saudável. Não leva produtos de origem animal, mas fica a seu critério incluir ou não. Que tal tentar?

Uma deliciosa receita de caldo verde (versão vegetariana), nutritiva e reconfortante para os dias frios

  • Tempo preparação 5 mins
  • Tempo cozedura 25 mins
  • Tempo total 30 mins
  • Serve 6 pessoas
  • Categoria de receita: entradas, sopa
  • Tipo de cozinha: cozinha portuguesa
  • Dificuldade – fácil
  • Validade – na geladeira até 5 dias
  • Congelar –até 4 meses

Ingredientes

600 g batata branca
200 g cebola
2 dentes de alho
150 g couve para caldo verde
água (suficiente para cobrir os vegetais)
2 colheres de sopa azeite
Sal grosso a gosto

Como fazer

Descascar as cebolas e cortar em cubos.
Descascar os dentes de alho e cortar a meio
Lavar as batatas, descascar e cortar em cubos.
Num tacho juntar as cebolas, os dentes de alho e as batatas. Cobrir com água e juntar o sal.
Quando a água começar a ferver, deixar cozinhar por 20minutos.
Num processador de alimentos ou com uma varinha mágica triturar até virar um creme. Nesta fase pode juntar um pouco mais de água se necessário. Rectificar o sal.
Lavar a couve do caldo verde e juntar à sopa. Deixar cozinhar por mais 5 minutos.
Por fim juntar o azeite.
Servir bem quente com broa de milho e azeitonas.

Informação nutricional

Calorias: 43kcal Hidratos de carbono: 8g Proteina: 2g Gordura: 1g Gordura saturada: 1g Sódio: 32mg Potassium: 348mg Fibra: 3g Açúcar: 3g

Fonte da receita: https://madebychoices.pt/caldo-verde-versao-vegetariana/

Projeto RH GOLIN

Amanda S.C. Fernandes – Gerência RH
Luciana Germano – Conteúdo Institucional
Márcia Borlenghi – Design, revisão e curadoria conteúdo cultural

Posts Relacionados

Nenhum resultado encontrado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu