Profissional Sustentável ganha espaço no mercado de trabalho

A sustentabilidade deixou de ser apenas um objetivo das organizações e se tornou uma necessidade das empresas que almejam sucesso no mundo corporativo. Diante disso, os profissionais também passaram a se preocupar com suas carreiras voltadas a estas necessidades. Mas afinal, como construir uma carreira sustentável?

Não é de hoje que ouvimos falar sobre o assunto. No entanto, apenas discutir e entender os benefícios que essas atitudes representam para o mundo em que vivemos não é suficiente. É preciso que todos comecem a pensar e agir seguindo estas questões, pois apenas desta forma teremos pessoas e, consequentemente, profissionais sustentáveis.
“Aplicar o conceito de sustentabilidade na carreira de seu quadro funcional é o sonho de muitas organizações”, afirma Juliana Bordoni, gerente administrativa do grupo Caco de Telha Entretenimento. “Desta forma, o profissional deve manter-se sempre atualizado, além de investir no desenvolvimento de novas habilidades para acompanhar as mudanças que o mercado globalizado impõe ao mundo corporativo e as necessidades das empresas, que apresentam frequentes alterações”.

Por se tratar de um conceito recente, embora já se fale sobre o assunto há algum tempo, diversas empresas encontram dificuldades em reeducar suas equipes e conscientizar profissionais que nunca se preocuparam com estas questões. Sendo assim, a chegada de colaboradores que atendam a este perfil é cada vez mais exigida e desejada pelas organizações.

De acordo com Marlene Ortega, diretora da Universo Qualidade, entidade especializada em treinamentos e eventos corporativos, apresentar-se como um profissional sustentável é, sem dúvida, um diferencial competitivo na hora da contratação. “É comum que nos dias de hoje o consumidor exija de uma empresa sua parcela de contribuição para respeitar não só o meio ambiente, mas também todo o cenário social”.

É importante ressaltar que uma empresa sustentável não é aquela que apenas conscientiza seus colaboradores por meio de comunicação interna, assim como ser um profissional sustentável não se trata apenas de agir de forma positiva nas organizações. Ter uma postura adequada, agir de acordo com aquilo que informa, e demonstrar cooperação e interesse em relação à comunidade, aos clientes, demais funcionários e fornecedores, podem ser fatores determinantes.

“Ter uma carreira sustentável é desenvolver as competências profissionais de forma a perceber e enxergar o ambiente que o cerca direcionando suas ações com consciência dos impactos, efeitos e reações que causarão nas pessoas, na sua própria qualidade de vida, ao meio ambiente e enfim ao universo afim de que contribuam para o aumento de práticas sustentáveis”, define Mirian Zacareli, coach empresarial.

Outro aspecto importante e que deve ser destacado no conceito de sustentabilidade é a consciência socioambiental. Para Juliana, este é um tema recorrente no ambiente organizacional, onde a cada dia as empresas estão sendo convocadas a repensar seu modelo para contribuir com a sociedade onde estão inseridas. “Um profissional sustentável também deve inserir os conceitos da responsabilidade social no seu dia a dia e assumir atitudes como evitar o desperdício, valorizar os recursos disponibilizados pela empresa e buscar melhores práticas nas suas atividades, por exemplo. Pois só assim estarão de fato colaborando para a construção desse novo cenário”, finaliza.

Texto de Maiara Tortorette/ Catho Comunicação
https://www.catho.com.br/carreira-sucesso/carreira/sem-categoria/profissional-sustentavel-ganha-espaco-no-mercado-de-trabalho/

Projeto RH GOLIN

Amanda S.C. Fernandes – Gerência RH
Luciana Germano – Conteúdo Institucional
Márcia Borlenghi – Design, revisão e curadoria conteúdo cultural

Posts Relacionados

Nenhum resultado encontrado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu