Nossa relação com água e o planeta

70% do planeta é coberto de água. Da água do planeta, pouco mais de 1% é água para consumo humano.

O corpo humano de um adulto tem 60% de seu peso de água. É o elemento mais importante do corpo, é um solvente biológico universal, e as nossas reações químicas internas dependem dela. É essencial para transportar alimentos, oxigênio e sais minerais, além de estar presente em todas as secreções (como o suor e a lágrima), no plasma sanguíneo, nas articulações, nos sistemas respiratório, digestivo e nervoso, na urina e na pele.

Então dizer que água é vida, é uma verdade.

Recentemente em São Paulo passamos pela falta d’água. Nos jornais, na internet, todos nos explicavam sobre o “volume morto”, sobre os níveis dos reservatórios que abastecem a região.

A questão vai além. Não é apenas uma questão de obras ou infraestrutura, ou volume de chuvas. É na verdade uma mudança de paradigma, de visão de mundo. De como nos relacionamos com a natureza, nós mesmos e os outros.

Tem se falado sobre nosso uso inadequado e até irracional da água. E no todo sim, fazem parte das respostas que precisamos encontrar.

Em 2015, um documentário lançou luz sobre a questão e vale a pena ver. O autor do projeto mostra os dois lados, quem defende o novo Código Florestal e quem contesta as mudanças feitas com visão imediatista e política. Ele mostra que o resultado de atitudes de equilíbrio em relação a natureza é a resposta positiva do planeta.

O documentário foi uma iniciativa cidadã. Procure por mais, pesquise e nos conte o que encontrou.

E o que podemos fazer?

Nossas atitudes são diárias. Do simples ato do uso racional da torneira ao escovar os dentes, até o modo como tratamos nosso consumo de modo geral, por exemplo usando sacolas retornáveis. Hábitos alimentares e sociais. Sim, a questão é global. Mas como diz um mote mais antigo: “ Pensar globalmente e agir localmente”.

Vamos publicar uma série de dicas, ao longo do ano, sobre essas questões. De pequenas a grandes mudanças diárias. E contamos com suas dicas e sugestões.

As dicas de hoje? Torneiras!

  • Estima-se que cada cinco minutos com a torneira aberta são gastos em torno de 25 litros, quantidade suficiente para que uma pessoa beba a quantidade de água necessária em 12 dias. Então, feche a torneira sempre, enquanto escova os dentes, faz a barba e lava o rosto. Assim, gastará apenas 2 litros, em média, então, economizará cerca de 23 litros/dia.(1)
  • Antes de lavar a louça, panelas e talheres, remova bem os restos de comida de todas as peças e deixe-as de molho, se necessário. Ensaboe tudo, primeiro – mantendo a torneira fechada, claro! -, para depois, então, enxaguar de uma só vez;(1)
  • Ao deixar a torneira meio-aberta, por 15 minutos, para lavar louça, gastamos em torno de 243 litros de água. Se você instalar um arejador na torneira da cozinha, nas mesmas condições, economizamos 105 litros de água. (1)

 

(1)  Dicas extraídas de: http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/atitude/dicas-praticas-uso-consciente-agua-541868.shtml

Matéria: Márcia Borlenghi

Projeto RH GOLIN

Amanda S.C. Fernandes – Gerência RH
Luciana Germano – Conteúdo Institucional
Márcia Borlenghi – Design, revisão e curadoria conteúdo cultural

, , , , ,

Posts Relacionados