Inverno chegou no Hemisfério Sul!

O inverno é a estação mais fria das quatro estações do ano.

A palavra inverno deriva do latim, hibernum, que significa neutro, invernal, invernoso, tempo frio.

O inverno do hemisfério norte é chamado “inverno boreal” e o do hemisfério sul é chamado de “inverno austral”. A estação não ocorre nos dois hemisférios ao mesmo tempo: enquanto em um hemisfério o inverno está vigente, o outro está vivenciando o verão.

O inverno no Hemisfério Sul

O “inverno austral” tem início com o solstício de inverno no Hemisfério Sul, que ocorre por volta de 21 de junho, e termina com o equinócio de primavera, que acontece perto de 21 de setembro nesse mesmo hemisfério. No presente ano começa a 21 de junho de 2021 às 00:33 no horário de Brasília.

Devido à localização geográfica, próxima à Linha do Equador e entre os trópicos, muitos países desta região têm invernos menos rigorosos do que os países localizados nas altas latitudes.

No entanto, nos países mais ao sul, como Argentina e Chile, que estão um pouco mais distantes da Linha do Equador, não é incomum a queda de neve, principalmente nos locais mais perto do polo e nos locais mais altos.

O inverno no Brasil

Com exceção da região Sul do país, que tem as quatro estações bem definidas, nas demais regiões o inverno é seco e sucede o verão chuvoso. Em geral, as temperaturas são amenas, não sendo raro que no Norte e Nordeste sem mantenham entre os 18 ºC e 36 ºC.

O inverno no Sul do Brasil

Neve na cidade de São Joaquim, SC, em 2010

Neve na cidade de Canela, RS, em 2013

De clima subtropical e com as quatro estações bem definidas, a região Sul do Brasil, que compreende os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, é a que sente com mais rigor o inverno no Brasil, devido, principalmente, à atuação de frentes frias e massas polares, que provocam chuvas e a queda acentuada na temperatura, que muitas vezes fica abaixo de 0 ºC, não sendo impossível que ocorra a queda de neve.

A formação de geada é frequente e o frio também pode aumentar com o vento sul típico da estação, popularmente chamado de Minuano.

 

Quando venta o minuano lá no Rio Grande do Sul,
Carrega as nuvens cinzentas, deixando o céu mais azul
Dois, três dias o vento para
Cai a noite o frio se abrande
Branco de geada amanhece os campos do meu Rio Grande
Quem é magro treme o queijo, oigalê vento tirano
Só quem tem chinoca gorda resiste firme o minuano.”

Nota do editor:
“China”, para os gaúchos é a mulher paixão do peão. O gaúcho usa o termo “chinoca” sem sentido ofensivo. O Brasil é um país continental e é importante perceber nesta música “chinoca gorda”, pertence ao imaginário da cultura gaúcha como um adjetivo elogioso às mulheres grandes. Nossa cultura é rica, colorida, aproveitemos nossa diversidade.

Projeto RH GOLIN

Amanda S.C. Fernandes – Gerência RH
Luciana Germano – Conteúdo Institucional
Márcia Borlenghi – Design, revisão e curadoria conteúdo cultural

Posts Relacionados

Nenhum resultado encontrado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu