DSS – Acidentes com mãos e braços são a maioria nas estatísticas

Quando se fala de estatísticas de acidentes de trabalho é fácil notar que mais de 90% dos acidentes, envolvem as mãos e braços. Daí a importância dos treinamentos sobre proteção das mãos que a maioria das empresas fazem questão de manter em sua grade de treinamentos.

Se levarmos em conta que utilizamos nossas mãos para fazer praticamente de tudo, é compreensível que o número de acidentes com esses membros seja realmente alto. Porém, não é aceitável que seja assim. O trabalho preventivo tem que ser forte. E isso exige uma série estudos que envolvem vários fatores, tais como:

  • Máquinas e equipamentos;
  • Atividades;
  • Mão de obra;
  • Equipamentos de proteção;
  • Treinamentos.

Lema: “A segurança de todos depende de cada um de nós” – é verdadeira, na medida em que todos apliquem seus conhecimentos em proteger a si e seus colegas de trabalho.

De nada adiantará todo o trabalho de prevenção, todas as normas, todos os procedimentos, se nós não tivermos um comportamento seguro em nossas atividades.

Projeto RH GOLIN

Amanda S.C. Fernandes – Gerência RH
Luciana Germano – Conteúdo Institucional
Márcia Borlenghi – Design, revisão e curadoria conteúdo cultural

, , , , ,

Posts Relacionados

Menu