A importância de ser Resiliente

Resiliência é o processo de adaptação em face de uma adversidade, trauma, tragédia, ameaças ou fontes significativas de estresse, sejam eles problemas familiares e de relacionamento, problemas de saúde ou no local de trabalho ou mesmo problemas financeiros. Significa “saltar para trás” com  as experiências difíceis.

Ser resiliente não significa que uma pessoa não sente dificuldade, sofrimento ou mesmo dor emocional e tristeza. Resiliência não é uma característica que as pessoas têm ou não têm. Trata-se de comportamentos, pensamentos e ações que podem ser aprendidos e desenvolvidos pelas pessoas. Por isso a resiliência é considerada um dos mais importantes fatores de sucesso de pessoas e mesmo de empresas.

O termo tem sua origem na física e na ciência dos materiais, em que a resiliência é a capacidade de um material para absorver a energia quando ele é deformado elasticamente e liberar essa energia quando da descarga sem criar uma deformação permanente.

A verdade é que todos nós teremos momentos difíceis na vida e se não desenvolvermos a capacidade resiliente de, ao sofrer esses impactos, absorver sua força, voltar a acreditar e agir, jamais teremos condições de vencer neste mundo competitivo em que vivemos. São muitas as situações em que o mundo nos empurra para o fundo da piscina e se não formos capazes de saltar para trás, de voltar com força para a superfície, de recomeçar e continuar a vida com inteligência e vontade, viveremos derrotados. Assim, dê um salto para trás e recomece todas as vezes que forças contrárias quiserem derrotar você. Boa Sorte!!!

Rafael Gussoni – Fabr.III

Projeto RH GOLIN

Amanda S.C. Fernandes – Gerência RH
Luciana Germano – Conteúdo Institucional
Márcia Borlenghi – Design, revisão e curadoria conteúdo cultural

, ,

Posts Relacionados

Menu